Atelier 8: Acolhimento nas periferias

3.º ENL – Nada nos é indiferente entre a Terra e o Céu


André-Costa-Jorge Acolher o estrangeiro
André Costa Jorge

Licenciado em Antropologia. Diretor- Geral do Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS) em Portugal desde 2008 (www.jrsportugal.pt). Membro da Direção e do Conselho do JRS Europa (www.jrseurope.org) desde 2013. O JRS- organização internacional jesuíta que tem como missão acompanhar, servir e defender os refugiados, migrantes vulneráveis e populações deslocadas- em Portugal é responsável pelo Secretariado Técnico da Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) e pela gestão e acompanhamento técnico do Centro de Acolhimento de Refugiados (CATR) da Câmara Municipal de Lisboa. O JRS acompanha ainda imigrantes em situação de detenção administrativa.
Foi membro do Conselho Consultivo para os Assuntos da Imigração (COCAI) entre 2008 e 2014 e é membro do Conselho Municipal para a Interculturalidade e Cidadania (CMIC) da Câmara Municipal de Lisboa. Foi ainda autor de dois documentários que abordam a temática das migrações e colaborador na Rádio Antena 1 no espaço de comentário “Causas Públicas”.
É casado e tem 6 filhos.

TOlazabal

Acompanhar o doente e os sem casa
Maria Teresa de Brito e Cunha de Olazabal

Dona de casa, nascida no Porto numa família conservadora católica. Voluntária. Casada, com três filhos e cinco netos.
Trabalhava na empresa agrícola familiar “Casa da Insua” quando, depois de uma operação de alto risco, percebeu – ainda na sala de Cuidados Intensivos – que queria mudar radicalmente de vida e dedicar-se a tempo inteiro aos seus irmãos mais necessitados. Mudou então a sua vida profissional pela vida de voluntariado à qual se dedica a tempo inteiro. Serviu deficientes profundos, doentes terminais oncológicos, “sem abrigo”, e ultimamente atende famílias de um nível social, cultural e económico médio/alto que foram apanhadas pela crise. A sua inspiração foi Mateus 25: “o que fizeres ao mais pequenino dos teus irmãos, é a Mim que o fazes; o que não fizeres ao mais pequenino dos teus irmãos é a Mim que o deixas de fazer”. Pensa que antes da viragem da sua vida não fazia mal a ninguém, mas perguntou-se muitas vezes “e será que fazia bem?”

Tiago-Casaleiro

Incluir pessoas com deficiência

Tiago Casaleiro
Enfermeiro no Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa. Membro da Equipa Nacional do Serviço Pastoral a Pessoas com Deficiência.
Tem desenvolvido a sua prática junto da população com doença mental e/ou deficiência intelectual. Mestre em Estudos da Religião – vertente Ética Teológica na Faculdade de Teologia da Universidade Católica, com tese subordinada ao tema da Afetividade e Sexualidade das pessoas com deficiência intelectual.

Ana-TeresaSilva

Moderação

Ana Teresa Ribeiro G. Barquinha Luís da Silva
Licenciada em Direito pela Universidade Católica Portuguesa – Lisboa. Coordena a Semana da Vida – Schoenstatt. Participa em diversas iniciativas e projetos, como a Vinha de Raquel e Mulheres em Ação.
Foi advogada entre 1993 a 2001.