• 700x230 ML 0018
    © Mário Linhares
“APROUVE AO VOSSO PAI DAR-VOS O REINO”: RECEBER COMO JESUS

Ir. Marta Heleno, aci
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não temais, pequenino rebanho, porque aprouve ao vosso Pai dar-vos o Reino. Vendei os vossos bens e dai-os de esmola. Arranjai bolsas que não envelheçam, um tesouro inesgotável no Céu, onde o ladrão não chega e a traça não rói. Porque, onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.» [Lc 12, 32-34]

Hoje rezamos com um excerto do Evangelho deste domingo, o XIX do Tempo Comum. 

  • Começo a oração tomando consciência de que o Senhor está aqui. Comigo. Quer comunicar-Se, deseja dar-Se-me, como diz Santo Inácio. Deixo que Ele me olhe e me ame tal como sou. Tal como estou. Devolvo-Lhe o olhar e disponho-me a estar com Ele.
  • Peço a graça da verdadeira LIBERDADE, que me permite viver feliz e em paz e construir um mundo mais justo.

1. Oiço as palavras de Jesus, dirigidas a mim: “Não temais”. “O Pai quis dar-vos o Reino”.

“O Reino de Deus não é questão de comida ou bebida, mas é justiça, paz e alegria no Espírito Santo”(Rom 14, 17). Deus quer dar-nos o Reino: justiça, paz e alegria verdadeiras – aquelas que só Ele, pelo Seu Espírito, nos pode dar.

Estou realmente disposto a receber esta graça? A vivê-la como um dom?

O que temo, neste momento?
Vivo “ajustado” ao que Deus quer de mim? Vivo a justiça como mera “retribuição” ou “distribuição equitativa”, ou arrisco viver da “justiça no Amor”, que procura dar a cada um o que precisa em cada momento?
Que realidades, pessoas, circunstâncias, relações, me tiram a paz e a alegria?
Deixo que sobre cada uma destas realidades o Senhor me diga: “não temas”.

2. Porque, onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.»

Quais são os meus verdadeiros tesouros?
Sou capaz de dar com generosidade? 
O que me tira a liberdade e me faz viver com medo de ser “roubado”?
Onde tenho posto o meu coração?

  • Termino a oração com um colóquio com o Senhor Jesus: agradecendo, pedindo a graça de ser livre para RECEBER o Reino que Ele, continuamente, me quer dar.

 pdf