Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
2º Painel da Fé- Sentido para a Vida

João Ermida
Nasceu em 1965 no Porto.

Trabalhou desde os anos ‘80 em várias instituições financeiras, incluindo o Citibank e o Banco Santander. Neste último atingiu a responsabilidade máxima de responsável global dos mercados financeiros no período de 1999 até 2003.

Nesse ano de 2003 demitiu-se da Instituição e retirou-se da atividade dos mercados financeiros globais, para se dedicar a vários projetos onde se incluem a direção de um serviço de aconselhamento de investimentos a várias famílias (Multi-family Office), a vice-presidência de um centro social paroquial, palestras sobre o VHS Method em empresas, universidades e escolas e a escrita de livros.

Johnson Semedo
Fundador e presidente da direção da Academia do Johnson, na Amadora.

Nascido em São Tomé, veio para Portugal com 2 anos, tendo crescido no bairro da Cova da Moura onde ainda vive. Fugiu de casa com apenas 9 anos e foi menino de rua. A toxicodependência conduziu-o a comportamentos desviantes e à reclusão em estabelecimentos prisionais. Após cumprimento de uma pena de 10 anos de prisão, mudou de vida. O duro percurso de vida foi também a prova que o fez acreditar que podia mudar de rumo e ser um exemplo para outros jovens com vidas adversas

Completou o 12.º Ano, é casado e pai e tem como missão de vida ajudar os outros

Com cerca de 13 anos de experiencia no terceiro sector e em instituições sociais, tanto ao nível do acompanhamento dos jovens como de ex-reclusos. Em particular, o Johnson viveu e vive de perto a realidade de risco dos bairros problemáticos em redor da Amadora. Hoje aplica toda a sua experiencia na prevenção de situações de risco e procura aliar a sua experiência no terreno a especialistas de diversas áreas. O Johnson detém o curso de empreendedorismo social pelo IES|INSEAD.

Fundou a Academia do Johnson em Abril de 2014 com o objetivo de, a partir da sua experiencia de vida, atuar na prevenção de situações de risco de jovens que vivem em bairros problemáticos da Amadora

Mariana Abranches Pinto
Nasceu em 1972 em Luanda. Viveu em Silves, Lisboa, Faro, Évora, Lichinga, Fonte Boa, Coimbra e Porto, onde vive atualmente.

É casada com o Filipe e mãe de dois filhos: a Nini e o Quico.

Trabalha como profissional liberal em arquitectura paisagista.

Esteve dois anos em Moçambique, como missionária dos Leigos para o Desenvolvimento. Orienta exercícios espirituais segundo Santo Inácio de Loiola e faz acompanhamento espiritual.

Pertence ao Grupo Ao 3º dia, onde pessoas com doença grave e/ou crónica procuram fazer caminho para encontrar sentido e luz, num caminho de maior aceitação e integração da realidade.

Manuel Líbano Monteiro
Nasceu a 25 de agosto de 1998. É o terceiro de seis filhos.

Estudou no colégio São João de Brito e pertence ao movimento de Schoenstatt desde os 10 anos. Em 2016 esteve três meses nos Estados Unidos da América- Austin Texas, como missionário, a ajudar a desenvolver o recente movimento de Schoenstatt. Desde fevereiro de 2017 é missionário no Bairro 6 de maio, onde viveu até aos finais de outubro.

É estudante no primeiro ano de Filosofia na Universidade Nova de Lisboa.

Alberta Marques Fernandes
É jornalista desde 1991. Licenciou-se em RELAÇÕES INTERNACIONAIS pela Universidade Lusíada em 1991.

Estreou-se aos microfones da Rádio Renascença como estagiária. Foi também como estagiária que a 6 de outubro de 1992 inaugurou a SIC, a primeira televisão privada em Portugal, com a apresentação de um noticiário. Apresentou todos os horários dos espaços de informação na SIC e depois na RTP onde está desde 2001.

Especializou-se no trabalho de estúdio, em particular, na apresentação de noticiários, moderação de debates ou apresentação de programas de informação dos quais destaco “Justiça Cega” e “Fora da Caixa” este último de minha autoria.

Ao longo da carreira já foi enviada especial ao Vaticano, à Bósnia e a Angola fazendo a cobertura de diversos eventos e reportagens de maior fôlego.

Em 2006, escreveu o primeiro livro, “As Primeiras-Damas Depois do 25 de Abril”, editado pela Esfera dos livros. Edita em novembro o segundo livro sobre “Mulheres na política: a biografia de sete deputadas na primeira pessoa”.

Em paralelo com a atividade jornalística, fez algumas incursões na docência universitária, nomeadamente, na área de formação académica.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.