Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
1º Painel do Território

Maria José Aguilar Madeira
É docente na Universidade da Beira Interior, onde ensina empreendedorismo aos mestrados e doutoramentos e projeto empresarial à licenciatura em gestão.

É diretora do curso de mestrado em empreendedorismo e criação de empresas, é coordenadora científica do projeto internacional INESPO III (Innovation Network Spain-Portugal), rede de transferência de conhecimento universidade – empresa da Região Centro de Portugal – Castilha y León. Foi coordenadora do laboratório empreendedor do projeto IDEARIA do programa cidadania ativa, financiado pela Calouste Gulbenkian.

É consultora na área de criação de empresas e startups, tendo acompanhado a criação de projetos e desenvolvimento de empresas com reconhecimento a nível internacional. É membro da rede nacional de mentores para o empreendedorismo do IAPMEI.

Pertence à CVX da Beira Interior.

Maria Luísa Francisco
É coordenadora regional do MIL – Movimento Internacional Lusófono. Desde 2011 é delegada regional da Associação Portuguesa de Museologia.

É licenciada em relações internacionais, pós-graduada em sociologia da cultura e das religiões pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, mestre em ecologia humana e problemas sociais contemporâneos e está a preparar o seu doutoramento em sociologia rural e urbana na mesma universidade.

Foi docente universitária no ensino superior público e privado ao longo de 13 anos e autora de artigos na área da sociologia da cultura e da sociologia rural e urbana. Tem investigado o património cultural imaterial algarvio. Coordenou um projeto de desenvolvimento do interior algarvio com o apoio da Universidade do Algarve.

Integra algumas organizações internacionais ligadas à Igreja Católica e representou Portugal em conselhos consultivos e executivos entre 2007 e 2013.  Foi dinamizadora bíblica no meio rural integrada na dinâmica dos grupos bíblicos dos Franciscanos Capuchinhos. Integrou o grupo bíblico universitário da Universidade Nova de Lisboa e as atividades da pastoral universitária.

Paulo Caetano Abrantes Jorge
É casado, tem 2 filhos (o João André de 13 anos e a Ana Margarida de 10 anos).

É técnico superior do IEFP. Possui mestrado em gestão de desenvolvimento local.

Exerceu as funções de vereador permanente na Câmara Municipal de Seia, durante 8 anos (com os pelouros de administração geral, finanças, património, aprovisionamento, fundos comunitários, atividades económicas e GAIE, recursos humanos, taxas e licenças, fiscalização e contra-ordenação, apoio às freguesias e apoio aos órgãos municipais).

Foi coordenador de redes regionais de emprego do maciço central (Serra da Estrela), raia sul (Castelo Branco), pinhal interior sul (Sertã e Figueiró dos Vinhos), baixo vouga (Aveiro e Águeda), pinhal litoral (Leiria e Pombal), com a missão de promover o emprego localmente e criar sinergias entre os parceiros de desenvolvimento local, com vista à resolução dos problemas de emprego e qualificação profissional nessas regiões.

Participa / faz voluntariado em várias associações e instituições, como a Santa Casa da Misericórdia de Seia, a liga de amigos do Hospital Nossa Senhora da Assunção de Seia, centro de formação e tempos livres de Coimbra.

Tem por áreas de investigação e interesse o desenvolvimento e poder local, emprego e formação profissional, investimentos empresariais e setoriais, associativismo e cooperação, religião e desporto.

Damião Gonçalves Pereira
Natural de Braga, tem 54 anos, é casado e pai de dois filhos.

Entrou muito jovem para o Diário do Minho, em 1981, para exercer o cargo de revisor de provas. Ascendeu depois às funções de redator e depois às de jornalista e jornalista coordenador. Durante 20 anos exerceu as funções de Chefe de Redação do Diário do Minho.

A partir de 1 de novembro de 2012 assumiu a função de diretor do Diário do Minho, cargo que exerce até ao presente.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.