Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Atelier 4: Ecologia cultural

A preservação das riquezas culturais da humanidade
José António Falcão
Diretor do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja desde a fundação, em 1984.
Licenciado em História da Arte e em Arquitetura, mestre em Museologia e doutor em Teoria e História da Arquitetura. Foi conservador (1993-1995) e diretor (2003-2008) da Casa dos Patudos, em Alpiarça. Comissariou exposições no país e no estrangeiro. Vem colaborando como docente na Universidade Católica Portuguesa e noutras instituições na formação de novos conservadores do património religioso. Tem cerca de uma centena de títulos, a maioria dos quais dedicados à história da arte e da arquitetura. Redescobriu os percursos do Caminho de Santiago no Alentejo, apresentando uma nova carta das rotas jacobeias no Sul de Portugal. Foi secretário da Comissão Nacional de Arte Sacra e do Património Cultural, diretor- adjunto do Secretariado Nacional dos Bens Culturais da Igreja, presidente da Real Sociedade Arqueológica Lusitana e presidente da APAMOR – Associação Portuguesa dos Amigos dos Monumentos Religiosos. Presidiu, em 2014-2015, ao Conselho de Administração do Opart – Organismo de Produção Artística, EPE. Preside à Associação Portuguesa dos Museus da Igreja Católica e é secretário-geral adjunto de Europæ Thesauri, de que foi um dos membros fundadores.
É membro da Academia Nacional de Belas-Artes, da Academia Portuguesa da História e de agremiações similares da Europa e da América. É sócio honorário da Sociedade Arqueológica de Atenas (Εν Αθήναις Αρχαιολογική Εταιρεία). Recebeu várias distinções nacionais e internacionais. Recebeu as insígnias de Grande-Oficial da Ordem do Mérito a 8 de Junho de 2009, a Cruz da Orden de Alfonso X el Sabio a 19 de Março de 2012, a Médaille de la jeunesse, des sports et de l’engagement associatif, a Medalha Barão de Studart em 2012.

A diversidade cultural face a tendências hegemónicas
Filipa Oliveira
Diretora artística do Fórum Eugénio de Almeida em Évora desde janeiro de 2015.
Trabalhou como curadora independente desde 2003, comissariando várias exposições individuais e de grupo em instituições como Centro Cultural de Belém (Lisboa), Kettle’s Yard (Inglaterra), John Hansards Gallery (Inglaterra), Tate Modern (Inglaterra), Centro de Arte Moderna (Lisboa), Fondation Calouste Gulbenkian (França), Crac Alsace (França), Kunstverein Springhornhof (Alemanha), Mead Gallery (Inglaterra), Frieze Projects (Inglaterra), entre outras.
Foi guest curator em 2009/10 da série de exposições Portuguese Wave no Threshold Artspace, Escócia, foi curadora assistente na 28ª Bienal de São Paulo em 2010 e em 2012 foi curadora convidada do projeto Satellite no Jeu de Paume, Paris.
Tem uma extensa lista de participações em catálogos e publicações, e atualmente é colaboradora da ArtForum.

Moderação
Annabela Rita
Professora na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Doutorada e com Agregação em Literatura, que trabalha na sua relação com as outras artes. Coordenadora do CLEPUL, Presidente da Academia Lusófona Luís de Camões e do Instituto Fernando Pessoa. Integra os corpos dirigentes de diversas instituições científicas e culturais (APE, SHIP, SPA, etc.). Autora de mais de uma dezena de livros sobre a Literatura Portuguesa e Europeia.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.